sábado, 17 de julho de 2021

Cada um cria a sua própria realidade de marca na internet

Assista em https://bit.ly/Video140ProfAlbertoClaro

Há muitos anos, uma aluna de um MBA me perguntou: “Alberto, quantas estratégias de marketing eu devo ter em minha organização?” Rapidamente respondi: “Quantos clientes você tem?”

Embora isso possa parecer uma resposta caprichosa ou até irreverente, há uma verdade profunda aqui. Uma empresa precisa estratificar suas mensagens no grau enésimo, para personalizá-las para os indivíduos tanto quanto o orçamento puder pagar.

Percebi que isso se tornou realidade nos dias de hoje, quer saibamos disso ou não. Cada cliente está recebendo uma mensagem personalizada sobre sua empresa e isso tem pouco ou nada a ver com seus esforços de marketing. Todo mundo está forjando a realidade de sua própria marca. Vamos descobrir o por quê.



A realidade da marca personalizada

Tenho pensado muito sobre o fato de que a maior parte da Humanidade não tem mais nenhuma realidade compartilhada. Trinta anos atrás, recebíamos nossas notícias e informações de um ou dois jornais diários, três emissoras de televisão, algumas assinaturas de revistas familiares e talvez do rádio durante nosso trajeto para o trabalho ou escola.



Portanto, havia uma base de entendimento limitada e comum. Você pode não concordar com seu vizinho, mas pelo menos estava debatendo os mesmos fatos que colheu no noticiário da noite.

Hoje, por meio da infinita oportunidade da internet, nos cercamos de qualquer notícia e informação que apoie nossa visão de mundo peculiar.

Existem recursos infinitos que atendem a todas as posições políticas e filosóficas diferenciadas. Você pode se cercar de pessoas e fontes de notícias que irão logicamente afirmar que o mundo é plano ou que um homem nunca pousou na lua.

Muitas pessoas estão compartilhando e acreditando em esquisitices sem fim. Esse tipo de realidade mundial bizarra só poderia ocorrer agora, em um mundo de notícias da internet escolhidas pelo indivíduo. Não importando a fonte.

As pessoas nessas bolhas de realidade vão pensar que você é louco se não compartilhar sua visão de mundo, porque todos que conhecem e tudo que leem apoiam sua perspectiva. Como você pode ser tão estúpido?, pensam elas.

A internet se tornou um andaime que mantém uma realidade criada individualmente. Isso também se estende a sentimentos e crenças sobre produtos e empresas.

Quer você acredite que as bizarrices que lemos por aí são verdade ou não, você pode se apoiar na mídia certa para apoiar tudo em que você quiser acreditar.

É um dilema interessante do ponto de vista empresarial. As pessoas se cercam da mídia de apoio e, provavelmente, não há nada que você possa fazer para mudar a realidade de sua marca nesse ambiente.
Algoritmos definem suas percepções de marca

Nossa realidade de marca pessoal autoinduzida é apoiada e aprimorada pelas bolhas em que somos mantidos pelo Google, Facebook e outros algoritmos de pesquisa.

Se você e eu procurássemos os “melhores automóveis de luxo”, o resultado poderia ser bem diferente para nós dois, mesmo se usarmos os mesmos termos. Os resultados podem ser afetados por:

  • Onde nós moramos
  • Nosso histórico de pesquisas anteriores
  • Anunciantes locais
  • O que nossos amigos procuram

… para nomear alguns.

Certa vez, minha irmã estava procurando um tipo de camisa muito específico para mim. Comecei a ver anúncios daquela camisa obscura no meu feed de notícias...embora nunca tivesse procurado por ela! Os algoritmos sabiam que estávamos conectados e responderam de acordo. Tenho certeza de que você tem seus próprios exemplos assustadores de como esses códigos mantêm nossas realidades pessoais no lugar!

Então aquela minha resposta anos atrás é verdadeira hoje. Nossa realidade online foi fragmentada de milhões de maneiras, de modo que, com o tempo, nossa experiência online individual está de acordo com nossas visões e expectativas. Estamos todos rodeados por bolhas de marca semipermeáveis, ou talvez impermeáveis.

A grande maioria das pessoas estão na internet. Indiscutivelmente, ela é nossa realidade.

Eu me pergunto se a estratégia de marketing hoje é realmente sobre criar uma história de marca sobre um produto, ou é encontrar uma maneira criativa de atrair as pessoas para fora de suas bolhas ... ou mantê-las em uma?

Para pensar.

Prof. Alberto Claro

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...