sábado, 10 de outubro de 2020

Como é bom ser professor!

Aproveito que esta semana comemoramos mais um Dia dos Professores e quero aqui dar meu testemunho como tal. Eu leciono em universidades há 25 anos (comecei com 23 anos), sempre na área de Administração e Marketing. É gratificante - e muito divertido - e recomendo para todos que gostariam de seguir por esta trilha de carreira. Mas também há sólidas razões comerciais em dar aulas e talvez isso seja bom para você e para o seu negócio. 

Você já pensou em dar uma aula na faculdade? Pode parecer fora de alcance, mas existem muitas oportunidades para compartilhar sua experiência (mesmo como um palestrante convidado) e com a mudança para formatos online, existem oportunidades de ensinar globalmente do conforto de sua casa. Vamos desvendar como isso pode acontecer.

Assista no YouTube


Primeiro, as más notícias





Você provavelmente já ouviu muitas coisas negativas sobre trabalhar como professor em uma instituição de ensino superior (centro universitário, faculdade ou universidade). Elas provavelmente são verdadeiras.

  • Essas instituições podem ser notoriamente lentas e frustrantemente burocráticas.

  • O corpo docente pode parecer estar fora de alcance de muitos. Faço mea culpa aí, antes que me critiquem.

  • A remuneração é considerada, em muitos casos, baixa. 

  • Como regra geral, são necessárias 20 horas de preparação para criar uma hora de novo conteúdo - portanto, ensinar pode exigir uma enorme quantidade de trabalho!

No entanto, considero meu cargo de professor na universidade uma parte importante de minha carreira. A principal, aliás. Aqui estão algumas razões do porquê…

Dar aulas na faculdade é bom para os negócios


Dou aulas de graduação para quem quer aprender a empreender, a pensar o marketing de forma sustentável e também a planejar estrategicamente. Na pós-graduação ensino a pensar sustentavelmente para ajudar a criar um mundo que permaneça viável para as novas gerações. Essas pessoas, que posso chamar de alunos, são brilhantes, experientes e cheias de questões da vida real que me proporcionam um alerta eterno!

Para um criador de conteúdo como eu, existe uma relação simbiótica entre escrever, ensinar e consultar. No nível mais alto, o ensino me obriga a esclarecer meu pensamento e a criar conteúdo relevante e atualizado. Esse conteúdo da aula faz parte do meu blog, meu podcast, palestras e artigos publicados em periódicos científicos. Essa liderança inovadora emanada deles me torna um pensador de estratégia de marketing melhor.

Razões práticas para essa escolha


Existem algumas razões muito práticas pelas quais o ensino é bom para os negócios:

1) RELEVÂNCIA

Em minha opinião, o principal motivo para ensinar é permanecer relevante. Para ensinar no nível superior, você precisa estar no topo do seu jogo. Você tem que ser um bom leitor e estar preparado para responder a qualquer pergunta que a classe possa fazer a você. Atualizar constantemente meu material por meio da temática que ensino me força a estar antenado com tudo que acontece em minha área.

2) RELACIONAMENTOS SOCIAIS E COMERCIAIS

Muitos dos meus alunos mantêm contato comigo há anos. Alguns deles contribuíram para meu blog, tornaram-se clientes ou parceiros em algumas atividades que exerço, profissionais e de voluntariado, compraram meus eventos e assistiram às minhas palestras. Existem inúmeros benefícios a longo prazo dessas conexões em sala de aula. Também criei relacionamentos maravilhosos e produtivos com membros da equipe e colegas do corpo docente da universidade. E, como sempre digo, aprendi muito mais com cada um deles do que eles comigo, com certeza.

3) REPUTAÇÃO

Acho que adiciona valor ao meu currículo o fato de ser um membro do corpo docente de uma grande e reconhecida universidade, como a UNIFESP (Universidade Federal de São Paulo). É difícil chegar lá e é difícil permanecer lá, então é algo especial que me ajuda a me destacar. Ensinar em qualquer nível ganha o respeito dos outros. Todo mundo adora professores. Assim espero.

4) RENDA ESTÁVEL

Como todo mundo tentando abrir um nicho como consultor ou empresário, meu início de carreira foi uma montanha-russa financeira. Naqueles primeiros dias, o ensino fornecia uma renda básica estável e confiável que me permitiu construir minha reputação de forma paciente. O ensino ainda é a principal fonte de renda. Apesar do momento recessivo que também atinge as universidades.

5) MOTOR DE CONTEÚDO

Acho que um terço do conteúdo do meu blog ou artigos científicos vêm de ideias geradas durante o processo de ensino. Talvez eu me inspire ao atualizar os slides da minha aula. Talvez uma pergunta na aula levará a um novo episódio em meu podcast ou vídeo. Pode até ser uma história de um dos alunos. Ensinar é uma mina de ouro para um criador de conteúdo.

Começando

Se você é jovem ou está apenas começando na carreira, é improvável que consiga um cargo de professor antes de ter alguma experiência e uma pós-graduação em seu currículo. Você não precisa somente de uma especialização/mestrado/doutorado, mas também precisa de credibilidade. Eu comecei a ministrar aulas com 23 anos, mas eu já era empresário reconhecido antes disso e, ao mesmo tempo, cursava mestrado e depois doutorado.

No entanto, há algo que você pode fazer agora para conseguir ser contratado algum dia. Conforme você trabalha em sua carreira, seja intencional e diligente no desenvolvimento de sua marca pessoal e se prepare para essa jornada com afinco. Espero que meus textos te ajudem de alguma forma.

Se você se tornar conhecido em seu campo, terá uma vantagem competitiva permanente e sustentável. Mais portas se abrirão, mais ligações serão retornadas, mais opções de carreira surgirão.

Essa vantagem de longo prazo só pode vir por meio da produção sustentada e consistente (uma vez por semana) de conteúdo como um blog, série de vídeo, podcast ou série de fotos para Instagram ou Pinterest. E não se esqueça daquele paper publicado em um periódico científico de relevância.

Dar aulas na faculdade pode ser uma grande vantagem pessoal e profissional e é muito divertido! Espero que você considere isso para sua carreira. Talvez eu te veja na sala dos professores em breve!

Prof. Alberto Claro

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...