terça-feira, 7 de abril de 2020

Como se beneficiar do mundo digital em um ambiente de coronavírus

Semana passada falamos sobre o impacto deste momento de isolamento em nossas vidas.

Nesta semana, vamos evoluir com esse tema e dar sugestões de ações diante deste tempo de incertezas, tanto em termos de saúde, quanto econômicos.

E o que está acontecendo em sua rotina e como você está lidando?

Ouça também no Spotify clicando aqui ou na imagem abaixo 


O mundo está oscilando perante o coronavírus. Países inteiros estão fechando, as economias estão perdendo fôlego, as famílias estão em perigo, bem como suas principais fontes de renda. Há uma série de implicações óbvias para o consumo, turismo, comércio eletrônico, e publicidade. Ainda mais para as pequenas empresas e profissionais autônomos. Leia os próximos questionamentos:
Seus produtos, serviços e competências são relevantes neste momento?

Dê uma olhada nos produtos e serviços prestados por você ou sua empresa. Se você acha que não são absolutamente relevantes para o mundo como ele está agora, somente o colocar on-line não adiantará muito. As buscas por entretenimento, alimentação e higiene pessoal ganham relevância na hora de conviver com o isolamento forçado.

Neste momento muitas pessoas:

  • Estão, ou vão entrar, em estado de choque e pânico.
  • Estão tentando descobrir como gerenciar as crianças em casa e entretê-los por horas a fio, gerando novas tensões psicológicas e financeiras.
  • Estão isolados e entediados.
  • Tiveram suas rotinas interrompidas.
  • Estão sendo demitidos.
  • Estão passando por uma profunda ansiedade e/ou depressão.
  • Tiveram os símbolos importantes da vida normal - esportes, festivais, concertos, conferências - retirados.
  • Já não têm negócios viáveis no momento. Eles estão perdendo sua reserva financeira rapidamente. Para muitas pessoas, o foco são despesas.
O meu negócio ainda importa neste novo ambiente? 

Infelizmente, o meu palpite é que para muitos de vocês, a resposta é “não”. Eu acho que esta é uma das mais importantes implicações do coronavírus para as empresas - seus clientes não estarão interessados em você agora, não importa o que você faça. Mesmo trabalhando duro pode não fazer a mínima diferença.

O próximo passo deverá ser se dedicar a descobrir quais habilidades que você pode aplicar à situação atual e ajudar a encontrar essas soluções. Como você pode ajudar as pessoas de uma forma incrivelmente útil com os recursos à sua disposição?

Apesar de que todos estarão pensando em criar algo novo para o mundo, creio que você também deve pensar nisso se baseando na transformação digital:

  1. É este o foco para o meu negócio (e, se for, por que não fazê-lo antes?)
  2. É sustentável quando tudo voltar ao normal?
  3. É este o melhor ambiente para se dedicar recursos consideráveis agora?
  4. Estou produzindo um produto para uso imediato ou um produto para depois do pânico?
Uma corrida desesperada para produzir

Há milhões de criadores de conteúdo, organizadores de eventos e da área turística, profissionais autônomos e consultores que, de repente, e dramaticamente, não têm trabalho. E essas pessoas vão correr para criar qualquer coisa que possa ser vendida on-line.

Ao longo das próximas semanas, haverá um número sem precedentes de aulas on-line, webinars e conferências virtuais. Qual é o seu papel nesse mundo digital? Como você se posicionará nessa nova desordem? As pessoas estão acostumadas a receber conteúdo grátis por lá, portanto, com tantas pessoas sem renda, ainda vão pagar por seu conteúdo?

Explosão de inovação

Nós vamos ter que repensar tudo. De fato. A economia a qual estamos habituados em nosso país gera possibilidades infinitas e inventividade. Quando confrontados com desastres como este podemos nos tornar mais criativos e vamos conseguir sobreviver e prosperar com novos modelos de negócios e serviços que farão parte de um novo modo de pós-virus da vida. Além de buscarmos novas competências profissionais e estilo de vida, com muito planejamento financeiro para nunca mais passarmos por isso novamente.

Preste muita atenção. Nas próximas semanas, as pessoas vão combinar tecnologias digitais com novas formas interessantes de produzir riqueza e você vai dizer “E por quê eu nunca pensei nisso antes. p*rra!".

Não basta usar a tecnologia para fazer a mesma coisa de uma maneira diferente. Use tecnologias em novas maneiras criativas e gerando novas formas de valor. Além, é claro, de estimular os negócios locais.

Negócios físicos sofrerão mais e terão que se redescobrir para viver uma nova era, senão o vírus os vai matar definitivamente, infelizmente (espero estar muito errado!).

Seja um Líder que Distribua Esperança

O medo é contagioso. Assim como também o é a Esperança. Escolha esta segunda!

Um mundo de mudança dramática e incerteza certamente vai gerar ansiedade em uma organização ou em nosso cotidiano. É importante que um líder em dias como estes forneça uma visão firme e encorajamento nesse ambiente para obter o máximo de sua equipe. Ser um grande líder sem sua profissão pode significar delega Esperança em face de um turbilhão constante como o que vivemos agora.

Penso que ser um líder eficaz neste meio ambiente comprometendo-se a uma mensagem de esperança é o nosso grande papel nesta época de incertezas.

É a hora de nos doarmos em comunidade. Todos juntos, pensamento criativo e interconectado. Aproveitemos as ferramentas digitais que o conhecimento humano produziu para vencermos essa batalha da Humanidade! Não desperdicemos essa oportunidade!

Antes de falar em ferramentas precisamos falar em atitudes - os líderes precisam estar muito presentes nesta comunicação on-line. Mesmo distantes fisicamente precisam estar presentes virtualmente. 

O trabalho remoto vai ficar mais presente bem como a educação a distância vai ganhar cada vez mais relevância e qualidade. Para todos os níveis de ensino.

As implicações coronavírus para todos profissionais são assustadoras e devastadoras. Portanto, fique bem e mantenha contato. Estamos juntos nessa.

Como você pode se beneficiar do mundo digital em um ambiente de coronavírus? 

Não sei a resposta certa, mas podemos juntos tentar descobrir. Primeiro, deixe-me sugerir que precisamos para ver as nossas empresas e os nossos clientes através de uma lente diferente, de compaixão.

Isso pode parecer uma palavra estranha para uso em um artigo sobre negócios. Mas todos estamos tendo perdas, e a compaixão e empatia serão fundamentais. Poderia ser a perda de ...

  • segurança econômica
  • liberdade de viajar
  • um espaço de trabalho
  • uma vida social
  • um trabalho
  • casamentos e eventos
  • Rede de suporte familiar e de amizades
  • esportes, entretenimento e jantares
  • A capacidade de trabalhar sem ter seus filhos pendurados em cima de você

...e muito mais. 

Podemos estar em período mais perturbador do planeta nas últimas décadas. Todo mundo está trabalhando se baseando em algum estágio de dor devido a essas perdas súbitas e dramáticas.

Então, o que isso tem a ver com mundo digital? Tudo.

O tom do país (e grande parte do mundo) agora é sombrio. É temeroso. São países em luto.

Como você oferecer algo para alguém em uma situação dessas? Essa é a mentalidade que você precisa tomar agora neste ambiente coronavírus de ansiedade e tristeza.

Ei o que você pode dizer:

  • O que posso fazer para você?
  • O que você precisa agora de mim e minha empresa?
  • Como podemos aliviar sua dor neste momento de perda?

Trata-se de ajudar, mostrando compaixão sincera, e construção de relações que vão durar muito além de qualquer vírus estúpido.

Portanto, comente sobre os assuntos aqui tratados, compartilhe e nos envie as sugestões de temas e conteúdo!

Prof. Alberto Claro


Artigo originalmente publicado em 05 de abril de 2019

Revista Mais Santos
Publicada no dia 05 de abril de 2020, em minha coluna semanal sobre Administração, Comunicação e Marketing, com foco em tecnologia, na Revista Mais Santos Você pode ler diretamente na página da revista clicando aqui na imagem acima ou no Medium ou no LinkedIn Pulse

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...