quarta-feira, 7 de outubro de 2015

Palestra na UNIFESP (Osasco) sobre Publicação em Periódicos Científicos

Ministrei palestra, no dia 06 de outubro, às 18:00, no campus de Osasco da UNIFESP - Universidade Federal de São Paulo, para os professores e alunos do Mestrado em Políticas Públicas e Organizações Públicas (do qual sou docente e pesquisador também), sobre Publicação em Periódicos Científicos.

Segue a apresentação para o encontro.

Link direto: https://goo.gl/pgeK31

terça-feira, 6 de outubro de 2015

Artigo Científico Publicado: "Gestão Ambiental e Universidade: Estudo de Caso do Programa Metodista Sustentável"

Publicado um novo artigo científico de minha autoria e em coautoria com os pesquisadores Profa. Me. Angelita Aparecida Nogueira de Mattos Silva (Minha orientada - UMESP), Prof. Dr. Luciano Venelli Costa (UMESP) e Prof. Dr. João Eduardo Prudêncio Tinoco (FACCAMP).

Desta vez no periódico científico Desenvolvimento em Questão, que é QUALIS B2 em Administração, Contabilidade e Turismo.



Para acessar clique na figura ou na área de publicações

Resumo: Observa-se aumento nas responsabilidades educacionais das instituições de ensino relacionados à sustentabilidade. Têm surgido novas propostas pedagógicas que colaboram com a formação de profissionais orientados para essa questão instigando o debate e proporcionando informações con- sistentes acerca dos problemas sociais e ambientais. Cabe às Instituições de Ensino Superior (IES) formar profissionais conscientes, competentes e comprometidos com a sociedade. Este artigo tem como objeto de pesquisa o Programa Metodista Sustentável, criado pela Universidade Metodista de São Paulo, cujo objetivo geral é pôr em prática a sustentabilidade em seus setores acadêmicos e administrativos e na sua relação com os stakeholders , de forma que ela seja uma atitude transversal e perene em suas ações e na formação cidadã que oferece. Pretendeu-se analisar as práticas de sus- tentabilidade desenvolvidas no âmbito do Programa. Utilizou-se pesquisa qualitativa com estudo de caso. Na coleta dos dados foi realizada entrevista em profundidade baseada em roteiro semiestruturado com docentes/gestor da instituição, com análise documental e análise de conteúdo. Compreendeu-se que a universidade tem se preocupado com as questões de sustentabilidade utilizando-se de reflexões efetuadas sobre o novo cenário educacional e as mudanças que também ocorreram na sociedade em seus diferentes níveis: regional, nacional e internacional, o que gerou uma certa inquietação em uma instituição que quer ter relevância no entorno no qual está inserida.

SILVA, A. A. N. M.; CLARO, J. A. C. S.; COSTA, L. V.; TINOCO, J. E. P. Gestão Ambiental e Universidade: O Estudo de Caso do Programa Metodista Sustentável. Desenvolvimento em Questão, v. 13, n. 32, p. 146–177, 2015.

segunda-feira, 28 de setembro de 2015

Entrevista sobre Portais de Comércio Eletrônico Estrangeiros no Brasil

Saiu no Jornal Entrevista (do curso de Jornalismo da UniSantos) o meu depoimento, como pesquisador do tema, sobre os portais de comércio eletrônico estrangeiros que atuam no Brasil. Parabéns à Bárbara Duarte pelo texto.




domingo, 2 de agosto de 2015

Artigo Científico Publicado: "Inovação social e sustentabilidade: consumo de energia elétrica em comunidades carentes no Brasil"

Publicado um novo artigo científico de minha autoria e em coautoria com os pesquisadores Profa. Dra. Fernanda Gabriela Borger (USP), Prof. Dr. Belmiro do Nascimento João (PUC-SP), Profa. Me. Érika Gaudeoso (PUC-SP), Prof. Dr. Luciano A. P. Junqueira (PUC-SP) e Prof. Me. Julio Simões Júnior (UNISANTA).

Desta vez no periódico científico REGET/UFSM, que é QUALIS B3 em Administração, Contabilidade e Turismo.


Para acessar clique na figura ou na área de publicações

Resumo: Este trabalho objetiva compreender a universalização do consumo de energia elétrica por comunidades carentes no Brasil, levantar os aspectos legais e a universalização do setor de energia elétrica. Os procedimentos metodológicos basearam-se em estratégia qualitativa de base documental de dois casos estudados. Foram utilizados indicadores de comunidades desfavorecidas e de desenvolvimento energético sustentável. Tem-se uma tendência de tornar o setor elétrico socialmente mais inclusivo, principalmente pela universalização dos serviços.

BORGER, F. G.; JOÃO, B. DO N.; CLARO, J. A. C. DOS S.; et al. Inovação social e sustentabilidade: consumo de energia elétrica em comunidades carentes no Brasil. REGET/UFSM, v. 19, n. 1, p. 71–79, 2015.

segunda-feira, 20 de julho de 2015

Artigo Científico Publicado: "Carrera, renta y consumo bajo la perspectiva del joven de la generación "y""

Publicado um novo artigo científico de minha autoria e em coautoria com a minha orientada Mariana de Oliveira Fernandes Torres e com os pesquisadores Prof. Dr. Belmiro do Nascimento João (PUC-SP) e Prof. Dr. João Eduardo Prudêncio Tinoco (FACCAMP).

Desta vez no periódico científico argentino Invenio (de Rosario), que é QUALIS B1 em Administração, Contabilidade e Turismo.

Carrera, renta y consumo bajo la perspectiva del joven de la generación "y"


Para acessar clique na figura ou na área de publicações

Resumo: El objetivo de este estudio es comprender los aspectos referentes al estilo de vida, consumo, carrera y renta que definen a la Generación Y. Se utilizó la técnica de e-survey con alumnos egresados de postgrado de una universidad confesional. Se validaron cincuenta y cuatro cuestionarios, con doce preguntas relativas a la caracterización de los encuestados y treinta y seis relativas al objetivo de la investigación. Se recurrió a la estadística descriptiva para los datos de caracterización de la muestra y al análisis factorial resultando en tres factores: networking, trabajo/diversión y sostenibilidad/medio ambiente. Se demuestra que se mantuvieron características generales de la personalidad colectiva de esta generación, pero éstas que pueden variar de acuerdo con el contexto en el cual está insertada.

CLARO, J. A. C. DOS S.; TORRES, M. DE O. F.; JOÃO, B. DO N.; TINOCO, J. E. P. Carrera, renta y consumo bajo la perspectiva del joven de la generación “y”. Invenio, v. 18, n. 34, p. 119–135, 2015.


quarta-feira, 1 de julho de 2015

Mendeley publica entrevista com Prof. Alberto Claro após visita à sede da empresa em Londres

Em abril (2015) estive em Londres, Inglaterra em viagem profissional para pesquisa científica e aproveitei para visitar os meus parceiros do Mendeley. E não é que minha visita foi alvo de reportagem na newsletter mundial deles (e no Twitter). Segue aí as imagens e o link para acessar a reportagem:http://goo.gl/H9xyWA




Saiba mais sobre o Mendeley>
http://www.albertoclaro.pro.br/p/mendeley.html

Leia aqui a entrevista original:


Muitos Parabéns (Congratulations) to our  April Advisor of the Month, Prof. José Alberto Claro, Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), Brazil. Alberto is a Professor in Business Administration and recently came to visit the Mendeley office in London during his travels.
Alberto visit copy
(Alberto with Joao Bernardino and Sarah Hoey, at the Mendeley office, April 2015)
Alberto obtained his degree in Social Communication from the Universidade Metodista de São Paulo (Methodist University of São Paulo) and stayed there to earn his Masters in Business Administration, and subsequent research professorship in 2011. At the beginning of 2014, Alberto took up his Adjunct Professorship at Universidade Federal de São Paulo (Federal University of São Paulo, UNIFESP). Alberto’s publications cover a wide range of topics from economics, human resource management, entrepreneurship, scientific writing and tourism.
When asked about his thoughts on Mendeley, Alberto enthusiastically replied:
I am extremely dependent on Mendeley. Its use is intuitive and enjoyable. I have all my theoretical repository stored in it. In addition, over time, my learning curve was much easier to the point of becoming a Mendeley Advisor. I believe that more people would benefit from it.
Thank you, Mendeley.
How did you get into your field and what is your research story?
I do research in the area of ​​Administration and Business, but I work in the Department of Marine Sciences, Federal University of São Paulo, Brazil. I study the relationships of society, organizations and cities with the sea. I always tried to merge business objectives with the researcher activities. In the last years I have been dedicating myself only to scientific research.
Where do you do your research/work the best? What kind of environment suits you?
I like to do my job in a relaxed, creative environment with people who also have the same interest for science. I try to encourage it to my students and mentees.
How long have you been on Mendeley and what were you using prior to Mendeley? How does Mendeley influence your research?
I already started using Mendeley five years ago. Before, I kept the files in folders on my computer and, indeed, it was very confusing locate them, catalog them, organize them, and then reference them in my research reports or scientific articles.Then Mendeley came and solved all these issues in a way unique. It was love at first use. Today it makes everything faster. The operating part of the registration information is already established, releasing me to the creative part of the research.
Why did you decide to become an Advisor and how are you involved with the program?
I decided to become an advisor because of my ever increasing interest in the tool to the point of using it quite easily. I thought, why not show it to others? Perhaps they will benefit from the features as I do. From then, I asked Mendeley and was accepted. It made me very happy.
Alberto Claro
What academic/researcher/librarian would you like to work with or meet – dead or alive?
I would like to meet Peter Drucker (dead). Great researcher in the area of ​​Administration.
What book are you reading at the moment and why?
I read several books at once, and many, many scientific papers as well. But like books related to scientific research method.
What is the best part about working in research?
The best part of working with scientific research is to see my work recognized by peers after a publication and it being a source of knowledge, or information, to new researchers. It’s rewarding.
And the worst/most challenging?
The most challenging is to overcome the challenges of publication in scientific journals of high impact. Competition is very strong and there are other influences besides the scientific merit, that not one should mention. But the joys are greater still.
What is the one thing you want people to know about Mendeley?
About Mendeley I want people to know that he is fantastic and definitive for a researcher.

Artigo Científico Publicado: "Práticas de Responsabilidade Social Empresarial Interna em Pequenas Empresas do Grande ABC Paulista"

Publicado um novo artigo científico de minha autoria e em coautoria com os pesquisadores Prof. Me. Jose Wiliam Mattioli, Prof. Dr. Almir Martins Vieira (UMESP) e com as Profas. Dras. Dagmar Silva Pinto Castro e Valeria Rueda Elias Spers (UNIMEP).

Desta vez no periódico científico Nucleus, que é QUALIS B3 em Administração, Contabilidade e Turismo.

Para acessar clique na figura ou na área de publicações

Resumo: A Responsabilidade Social Empresarial (RSE) representa um dos destaques das discussões sobre o papel das empresas e seu compromisso com os diversos públicos. O tema tem despertado atenção das empresas de diferentes setores da sociedade e do governo implicando, desta forma, numa concepção de Responsabilidade Social para além do que determina a lei, levando-as a atuar de maneira responsável com todos seus stakeholders. Um dos aspectos do compromisso social se refere ao público interno como um diferencial competitivo das empresas no processo de gestão. Desta forma, o presente trabalho tem como objetivo identificar se empresas de pequeno porte do ramo industrial desenvolvem práticas internas de RSE. Este trabalho, de caráter qualitativo, foi delineado por meio de pesquisa descritiva realizada em empresas localizadas na região do Grande ABC paulista, selecionadas a partir do Guia ABCD. Para tanto, utilizou-se de questionário estruturado, adaptado do instrumento de coleta de dados desenvolvido pelo Instituto Ethos de Responsabilidade Social Empresarial. O questionário foi aplicado em 14 empresas do Grande ABC do ramo industrial. Os resultados demonstraram que as empresas pesquisadas possuem, em sua maioria, práticas de responsabilidade social interna, principalmente práticas que não necessitam de grande investimento ou são determinadas pela lei.

MATTIOLI, J. W.; CASTRO, D. S. P.; CLARO, J. A. C. S.; VIEIRA, A. M.; SPERS, V. R. E. Práticas de Responsabilidade Social Empresarial Interna em Pequenas Empresas do Grande ABC Paulista. Nucleus, v. 12, n. 1, p. 207–222, 2015.


segunda-feira, 27 de abril de 2015

Artigo Científico Publicado: "O fair trade como alternativa para os empreendedores familiares: um estudo exploratório"

Publicado um novo artigo científico de minha autoria e em coautoria com o pesquisador Prof. Me. Justino Salguero.

Desta vez no periódico científico RAMA - Revista do Agronegócio e Meio Ambiente, que é QUALIS B2 em Administração, Contabilidade e Turismo, e B3 em Interdisciplinar.



Para acessar clique na figura ou na área de publicações

RESUMO: O objetivo deste artigo é entender o conceito do Fair Trade e verificar se esta prática tem sido utilizada como forma de inclusão para os pequenos empreendedores brasileiros, bem como as perspectivas de crescimento desta modalidade de associativismo. O método utilizado foi o exploratório, baseado em revisão bibliográfica e documental das informações provenientes de organizações não governamentais, e de sítios das principais associações relacionadas a este assunto. A pesquisa revelou que o negócio do Fair Trade tem crescido mundialmente, sobretudo na Europa, por meio de associações privadas; contudo, no Brasil este tema ainda é incipiente, sobretudo com a participação de pequenos produtores agrícolas. A modalidade de recompensa via um prêmio ao empreendedor familiar é validada pela Teoria do Embeddedness; no entanto, tem sido contestada pelos pesquisadores que colocam a qualidade como primeiro atributo nas transações comerciais.

SALGUERO, J.; CLARO, J. A. C. S. O fair trade como alternativa para os empreendedores familiares: um estudo exploratório. RAMA - Revista em Agronegócio e Meio Ambiente, v. 8, n. 1, p. 95–113, 2015.


terça-feira, 17 de março de 2015

Artigo Científico Publicado: "Programas de benefícios sociais para docentes no ensino superior brasileiro como forma de reter talentos: um estudo exploratório"

Publicado um novo artigo científico de minha autoria e em coautoria com o pesquisador Prof. Dr. Rogério Augusto Profeta

Desta vez no periódico científico Avaliação: Revista da Avaliação da Educação Superior, que é QUALIS A1 em  Educação, A2 em Interdisciplinar e B1 Administração, Contabilidade e Turismo.

Além disso é indexada pelo SciELO.



Para acessar clique na figura ou na área de publicações

RESUMO: Este estudo teve como objetivo principal constatar quais tipos de Benefícios Sociais (BS) são disponibilizados aos Docentes de Instituições de Ensino Superior (IES) no Brasil. Partiu-se do pressuposto oriundo do senso comum de que as condições de trabalho dos docentes do Ensino Superior beiram à precarização, na medida em que os salários estão achatados, as jornadas duplas e triplas são recorrentes e tem-se na atividade docente um instrumento de complementação de renda. A revisão da literatura permitiu que fossem identificados 35 tipos de BS, desde aqueles previstos na legislação trabalhista até outros de caráter complementar, vinculados à melhoria da qualidade de vida no trabalho. A coleta de dados foi feita diretamente por e-mail a 8952 docentes em todas as regiões do Brasil complementada pela técnica snowball. O formulário de pesquisa foi disponi- bilizado na internet. Foram recebidas 668 respostas e os dados analisados pelo software IBM SPSS Statistics 19.0, com ênfase na análise descritiva. Os resultados apontam que dez BS dentre os 35 constatados pela revisão de literatura são os mais recorrentes nas IES estudadas (presentes em mais de 50% das IES) e outros sete BS estão entre os menos ofertados (presentes em menos de 15% das IES). Estes dados permitem concluir que a oferta de BS por IES não proporciona significativas melhorias nas condições de trabalho e o aumento da atração/retenção de talentos para a docência.

CLARO, J. A. C. DOS S.; PROFETA, R. A. Programas de benefícios sociais para docentes no ensino superior brasileiro como forma de reter talentos: um estudo exploratório. Avaliação, v. 20, n. 1, p. 189–223, 2015.


Plágio é crime

Leiam esta correspondência que recebi e transcrevo aqui.



Plágio é crime. E vergonha para o pesquisador. Muita cautela.




sábado, 14 de março de 2015

Curso de Extensão sobre "Abordagem interdisciplinar na gestão de projetos e processos de negócios aplicados em Ciências Forenses" na UNIFESP

Ministrei aula no curso de extensão, na Universidade Federal de São Paulo- UNIFESP, Introdução aos Métodos Analíticos Aplicados à Ciência Forense Ambiental, no dia 12.03.2104.

O tema que irei tratar é sobre "Abordagem interdisciplinar na gestão de projetos e processos de negócios aplicados em Ciências Forenses".

Com isso, encerro a semana que também teve outros temas tratados pelos colegas professores doutores Akio SakuraiRenata Barbosa, Thiago Brito, Nancy Ramacciotti e Pilar Carolina Villar
 — em UNIFESP - Campus BS - Unidade II.



Aula Magna sobre Plataforma Mendeley para pesquisas científicas ministrada no PPGA da UMESP

Momentos da Aula Magna proferida por mim juntos aos alunos e professores do curso de mestrado em Administração do Programa de Pós-Graduação, da Universidade Metodista de São Paulo, na manhã de quinta-feira (12.03.2014 - 9h), sobre o uso da plataforma Mendeley em pesquisas científicas.







quarta-feira, 11 de março de 2015

Plataforma Mendeley é tema da minha Aula Magna do PPGA da Metodista



Serei o conferencista convidado para a Aula Magna do Programa de Pós-Graduação em Administração da Universidade Metodista de São Paulo. O evento está agendado para dia 12 de março, às 9h. A palestra será sobre "Plataforma Mendeley: possibilidades de uso na pesquisa acadêmica", seguida de debate com pós-graduandos presentes.

Aula Magna de Pós-Graduação em Administração 2015
Palestrante: Prof. Dr. José Alberto Carvalho dos S. Claro
Quando: 12 de março de 2015, às 9h
Local: Auditório Capa, Campus Rudge Ramos, Rua Alfeu Tavares, 149, São Bernardo (SP)


segunda-feira, 12 de janeiro de 2015

Artigo Científico Publicado: Treinamento como fator de mudança de atitude dos profissionais de uma operadora portuária

Publicado um novo artigo científico de minha autoria e em coautoria com os pesquisadores Rita de Cássia Zaher Rosa Paul e Norberto Luiz de França Paul.

Desta vez no periódico científico ReCaPe (Revista de Carreiras e Pessoas) que é QUALIS B4 em Administração, Contabilidade e Turismo e B5 em Interdisciplinar.




Para acessar clique na figura ou na área de publicações

RESUMO: Este trabalho foi desenvolvido em uma operadora portuária que acabava de entrar em processo de privatização e precisava modernizar-se. Em contrapartida, os profissionais não estavam tão dispostos e nem mesmo preparados para enfrentar tantas mudanças, até mesmo por serem trabalhadores portuários com perfil diferenciado. O estudo de caso retrata a ação desenvolvida em uma operadora portuária no Porto de Santos, que envolve o treinamento intensivo para obter a mudança de comportamento necessária e se tornar competitiva, aproveitando seus talentos internos, investindo na melhoria dos aspectos motivacionais e no relacionamento entre as pessoas.


PAUL, R. C. Z. R.; CLARO, J. A. C. S.; PAUL, N. L. F. Treinamento como fator de mudança de atitude dos profissionais de uma operadora portuária. ReCaPe Revista de Carreiras e Pessoas, v. 4, n. 3, p. 250–270, 2014.

Artigo Científico Publicado: Grau de consciência ambiental de alunos do ensino técnico: A realidade do Colégio Marquês de Olinda (Guarujá-SP)

Publicado um novo artigo científico de minha autoria e em coautoria com os pesquisadores Amaro Araújo Lima Neto e Camila Papa Lopes

Desta vez no periódico científico @mbienteeducação que é QUALIS B4 em Administração, Contabilidade e Turismo e também em Interdisciplinar.




Para acessar clique na figura ou na área de publicações

RESUMO: O presente trabalho identifica o grau de consciência ambiental e consumo ecológico nos alunos de cursos técnicos no Colégio Marquês de Olinda, no município de Guarujá, litoral do Estado de São Paulo, e traz reflexões sobre a inclusão social e a educação ambiental. Foi realizado survey com os alunos do colégio em análise e adotou-se o método de mensuração do Grau de Consciência Ambiental proposto por Possamai e Bertolini (2005), elaborado para identificar a conscientização ecológica dos consumidores e do consumidor ecologicamente correto. Os resultados obtidos mostraram que, mesmo tendo um grau de conscientização ambiental elevado, os alunos ainda não agem de forma ecologicamente correta.


LIMA NETO, A. A.; CLARO, J. A. C. S.; LOPES, C. P. Grau de consciência ambiental de alunos do ensino técnico: A realidade do Colégio Marquês de Olinda (Guarujá-SP). Revista @mbienteeducação, v. 7, n. 2, p. 277–290, 2014.


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...