quarta-feira, 30 de abril de 2014

CNPq apresenta o Novo Diretório dos Grupos de Pesquisa no Brasil

 

image

Esta é a nova cara do Diretório dos Grupos de Pesquisa no Brasil lançado nesta semana (final de abril de 2014) pelo CNPq. Clique nas figuras e acesse. Há uma nova integração com a Plataforma Lattes e outras novidades. Acesse.

image

O Diretório dos Grupos de Pesquisa no Brasil constitui-se no inventário dos grupos de pesquisa em atividade no País. As informações nele contidas dizem respeito aos recursos humanos constituintes dos grupos (pesquisadores, estudantes e técnicos), às linhas de pesquisa em andamento, às especialidades do conhecimento, aos setores de aplicação envolvidos, à produção científica, tecnológica e artística e às parcerias estabelecidas entre os grupos e as instituições, sobretudo com as empresas do setor produtivo. Com isso, é capaz de descrever os limites e o perfil geral da atividade científico-tecnológica no Brasil.

Os grupos de pesquisa inventariados estão localizados, principalmente, em universidades, instituições isoladas de ensino superior, institutos de pesquisa científica e institutos tecnológicos.

O Diretório possui uma base corrente, cujas informações podem ser atualizadas continuamente pelos atores envolvidos, e realiza censos bi-anuais, que são fotografias dessa base corrente.

Participação em banca de defesa de dissertação–Mestrado em Administração na UMESP

No dia 28 de abril de 2014 participei de uma banca de defesa de dissertação e uma de qualificação no mestrado em Administração (PPGA) da UMESP, como membro convidado para a arguição de candidato.

Elas ocorreram  no Programa de Pós-Graduação em Administração da UMESP,  na cidade de São Bernardo do Campo (SP), sob a presidência do Prof. Dr. Almir Martins Vieira, e contou com a participação, ainda, do Prof. Dr. Luciano Venelli Costa.

A nova mestre em Administração é Andréia Daniela dos Santos Avila. Acesse aqui, a dissertação completa.

Título: Ensino de sustentabilidade no curso de Administração: a perspectiva do egresso
foto
Prof. Almir, a nova mestre Andréia Avila, Alberto e Prof. Luciano

RESUMO: O objetivo desse trabalho foi investigar a contribuição do curso de Administração na formação de uma visão sistêmica das relações sociais, econômicas e ambientais dos seus egressos na visão dos mesmos. A tomada de decisões no ambiente corporativo requer que se considerem os interesses sociais e ambientais, além do econômico; devido, em particular, à atual crise civilizatória em que vivemos. A metodologia utilizada é a qualitativa, por meio da pesquisa exploratória, bibliográfica e de campo. O trabalho buscou aliar o suporte teórico, por meio das contribuições de Elkington, (1994), Sachs, (2006), Porrit, (2007), Aligleri, (2009), Barbierri, (2010), Fazenda (2001,2008) Freire (1981,1987,1996), Leff (2009), Leonard (1997), Kleiton (2012), Tilbury e Wortman (2004), Freeman (1984), Savage (1991), Mitchell (1997), Katz (1998) Martinelli (1997), ao campo empírico, tendo sido aplicadas entrevistas em profundidade com egressos do curso bacharelado em administração que cursaram a disciplina de sustentabilidade. De acordo com a pesquisa realizada, identificou-se que os egressos não consideram que a disciplina de sustentabilidade tenha contribuído para o desenvolvimento de competências profissionais significativas para um administrador com uma visão sistêmica, entretanto quando o tema foi abordado de forma interdisciplinar houve maior aproveitamento por parte dos egressos. 

Palavras-chaves: Egresso.  Ensino de Administração. Sustentabilidade. Visão Sistêmica

Portal de Periódicos em Administração da ANPAD–SPELL–Com acervo completo desde os anos 1960

Artigo científico publicado: “Educação cooperativa na busca pela construção e vivência de atitudes e valores de cooperação e cidadania voltados ao desenvolvimento regional”

Publicado um novo artigo científico de minha autoria e em coautoria com os pesquisadores Patricia Schneider Severo (UNISINOS), João Eduardo Prudêncio Tinoco (FACCAMP), Jose Alberto Carvalho dos Santos Claro (UNIFESP), José Odelso Schneider (UNISINOS) e Mariano Yoshitake (ALFA). Desta vez no periódico científico RAU – Revista de Administração da UNIMEP que é QUALIS B1 em Administração, Contabilidade e Turismo.

image

RESUMO: Esta pesquisa de natureza aplicada com objetivo exploratório, baseada na triangulação metodológica, foi desenvolvida em duas Cooperativas de Crédito junto aos professores que participam de um Programa de Educação Cooperativa nos municípios de Turuçu, de Aceguá e de Pedras Altas (Rio Grande do Sul – RS). Buscou-se verificar se o Programa, na visão dos docentes, possibilita a construção e a vivência de atitudes e valores de cooperação e cidadania voltados para o desenvolvimento das comunidades onde atuam. Como resultado observou-se que o Programa contribui à formação de cidadãos capazes de empreender e criar coletivamente alternativas de desenvolvimento econômico, socioambiental e cultural. No entanto, possui a necessidade de aprimoramento, a fim de promover maior envoltura da comunidade na busca por uma sociedade com princípios éticos de cooperação e de cidadania.

Para acessar clique na figura acima ou na área de publicações. Acesse também pelo Mendeley.

SEVERO, P. S.; TINOCO, J. E. P.; CLARO, J. A. C. S.; SCHNEIDER, J. O.; YOSHITAKE, M. Educação cooperativa na busca pela construção e vivência de atitudes e valores de cooperação e cidadania voltados ao desenvolvimento regional. RAU - Revista de Administração da UNIMEP, v. 12, n. 1, p. 159–177, 2014.

 

Artigo científico publicado: “Propaganda para mulheres, comportamento e sociedade: o caso Hope”

Publicado artigo científico de minha autoria e em coautoria com a pesquisadora e Daura de Menezes Santos. Desta vez no periódico científico REUNA que é QUALIS B3 em Administração, Contabilidade e Turismo.

image

RESUMO: No ano de 2011, ocorreu uma polêmica em torno da campanha publicitária “Certo e Errado” da marca de lingerie Hope, em virtude da denúncia realizada pela Secretaria Nacional de Políticas para as Mulheres ao Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária. O objetivo deste estudo é verificar as transformações do comportamento das mulheres entrevistadas com relação à sedução na mídia após esse fato. Utilizou-se pesquisa exploratória, baseada em revisão teórica, pesquisa documental, análise de opiniões publicadas na internet e entrevista com trinta mulheres sobre o assunto. Verificou-se que, atualmente, as mulheres entendem a sedução difundida na mídia como forma de poder, apesar de não ser uma realidade unânime. Palavras-chave:

Para acessar clique na figura acima ou na área de publicações. Acesse também pelo Mendeley.

CLARO, J. A. C. S.; SANTOS, D. M. Propaganda para mulheres, comportamento e sociedade: o caso Hope. REUNA, v. 19, n. 1, p. 53–66, 2014.

 

Artigo científico publicado: “Estratégia da Razão à Emoção: Experience Marketing e a Marca Líder”

Publicado artigo científico de minha autoria e em coautoria com a pesquisadora e Aparecida Honório Dias. Desta vez no periódico científico e-JESS. Electronic Journal of Economic Sociology Studies que é QUALIS B3 em Administração, Contabilidade e Turismo.

image

RESUMO: Este artigo aborda o uso do experience marketing na ampliação de ações estratégicas no processo de fortalecimento de marcas. Faz-se uma revisão teórica sobre o tema experience marketing e também a compreensão de sua importância no âmbito do consumo e construção de uma marca líder. Apresenta uma pesquisa de campo por meio de levantamento realizado junto aos visitantes do evento Super Casas Bahia em dois anos diferentes (2008 e 2009). Como resultado mostra a flexibilidade do experience marketing em sua vertente promocional de atualizar-se a partir da constante observação e identificação das atuais e reais necessidades e desejos de consumo do mercado.

Para acessar clique na figura acima ou na área de publicações. Acesse também pelo Mendeley.

CLARO, J. A. C. S.; DIAS, A. H. Estratégia da Razão à Emoção: Experience Marketing e a Marca Líder. e-JESS. Electronic Journal of Economic Sociology Studies, v. 4, n. 1, p. 312–325, 2014.

 

sexta-feira, 11 de abril de 2014

Capes lança Plataforma Sucupira

imageA CAPES (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior) realizou no dia  27 de março, a cerimônia de lançamento da Plataforma Sucupira

A Plataforma Sucupira é uma nova e importante ferramenta para coletar informações, realizar análises e avaliações e será a base de referência do Sistema Nacional de Pós-Graduação (SNPG). O sistema disponibilizará, em tempo real e com muito mais transparência, as informações, processos e procedimentos que a Capes realiza no SNPG para toda a comunidade acadêmica. Igualmente, a Plataforma propiciará a parte gerencial-operacional de todos os processos e permitirá maior participação das pró-reitorias e coordenadores de programas de pós-graduação.

A escolha do nome é uma homenagem ao professor Newton Sucupira, autor do Parecer nº 977 de 1965. O documento conceituou, formatou e institucionalizou a pós-graduação brasileira nos moldes como é até os dias de hoje.

O preenchimento das informações, como Cadastro de Discentes, na Plataforma poderia ser feito até o dia 3 de abril de 2014.

Links relacionados

Capes usará Plataforma SUCUPIRA

Novos números de periódicos científicos e chamadas de trabalhos para submissão (15.03 a 11.04.2014)

download_thumb1_thumb_thumb_thumb_thNovamente, diversos periódicos científicos de interesse da área publicaram os seus novos números com artigos científicos para nossa leitura e atualização. Outros realizaram chamadas de trabalhos para serem submetidos, avaliados e, se aceitos, publicados em números futuros. Boa leitura e boa produção.

 

Participação de workshop da Petrobrás (UO-BS) com as instituições de ensino superior da Baixada Santista

No dia 26 de março de 2014, participei junto com um grupo de docentes do IMar (Instituto do Mar) da UNIFESP, de um workshop promovido pela Petrobrás junto às instituições de ensino superior da Região Metropolitana da Baixada Santista (RMBS).
Nesse momento foram colocadas as demandas da empresa para a Bacia de Santos em termos de bens, serviços e mão-de-obra.

Acesse aqui os materiais apresentados pela empresa.
image

Participação em banca de defesa de dissertação–Mestrado em Administração na UMESP

No dia 27 de março de 2014 participei de uma banca de defesa de dissertação e uma de qualificação no mestrado em Administração (PPGA) da UMESP, como membro convidado para a arguição de candidato.

Elas ocorreram  no Programa de Pós-Graduação em Administração da UMESP,  na cidade de São Bernardo do Campo (SP), sob a presidência do Prof. Dr. Luciano Venelli Costa, e contou com a participação, ainda, do Prof. Dr. Alexandre Cappellozza 

A primeira banca foi de defesa de dissertação.

A nova mestre em Administração é Vanessa Martins.

Título: Comprometimento Organizacional Afetivo e Engajamento no Trabalho como preditores de Comportamentos de Cidadania Organizacional

2014-03-27 11.07.49

Alberto, a nova mestre Vanessa Martins, Profs. Luciano e Alexandre

Logo depois ocorreu a banca de qualificação de projeto de dissertação do mestrando Gilson Mendes, com o tema: "O pré-sal brasileiro e a demanda de mão de obra por níveis de competências nas diversas regiões do Brasil”

2014-03-27 13.43.15

Alberto, o Prof. Luciano, o mestrando Gilson, e o Prof. Alexandre

Mais uma avaliação de curso, agora em Fortaleza (CE)

Entre os dias 09 e 12 de abril (2014) estive em Fortaleza (CE) realizando mais uma avaliação para reconhecimento de curso uma Instituição de ensino, pelo INEP.

Uma grande cidade turística e também em franco crescimento há alguns anos. Capital do estado do Ceará. Problemas, como aumento da violência urbana, tráfico de drogas e prostituição, foram colocados pelos próprios moradores, nas conversas que tivemos, como principais.

Mas a beleza natural da região e a receptividade de seu povo são ímpares.

Mais uma avaliação de curso, agora em Pouso Alegre (MG)

Entre os dias 02 e 05 de abril (2014). estive em Pouso Alegre (MG) realizando mais uma avaliação para reconhecimento de curso uma Instituição de ensino, pelo INEP.

Uma bela cidade localizada no sul de Minas Gerais e em franco desenvolvimento.

 

Mais uma avaliação de curso, agora em Juiz de Fora (MG)

Entre os dias 09 e 12 de março (2014). estive em Juiz de Fora (MG) realizando mais uma avaliação para autorização de polo para EAD de uma Instituição de ensino, pelo INEP.

Uma bela cidade, com vida própria, e a presença marcante da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF).

Interessante, ao conversar com os juiz-foranos (ou juiz-forenses ou juiz-de-foranos) de saber que eles se sentem mais ligados à cidade do Rio de Janeiro do que a Belo Horizonte. Percebi isso em várias situações: jeito de falar, torcida por esquipes cariocas de futebol e, até,  a cor dos táxis, que são um amarelo semelhante ao que encontramos nos táxis comuns da Cidade Maravilhosa, diferente dos brancos de Belo Horizonte.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...