segunda-feira, 4 de janeiro de 2010

Doutorado-sanduíche PDEE tem novo edital

 

O Programa de Doutorado no País com Estágio no Exterior (PDEE) está com edital aberto. A iniciativa leva alunos de doutorado no Brasil para realizar estágios com duração entre quatro e 12 meses para desenvolver atividades no exterior, que sejam complementares e essenciais ao seu projeto de formação no Brasil.

O objetivo do programa é contribuir para o estabelecimento e a manutenção do intercâmbio dos cursos de pós-graduação do país com outros cursos no exterior. Por meio dele, são concedidas cotas de bolsas às instituições de ensino superior para estágio de doutorando no exterior.

A bolsa do estágio é composta por uma mensalidade, seguro saúde, auxílio deslocamento e auxílio instalação. Os valores variam de acordo com o país de destino. Os benefícios são outorgados exclusivamente para os candidatos contemplados com a bolsa e independem de sua condição familiar e salarial.

Podem participar do PDEE, estudantes matriculados em curso de doutorado com nota igual ou superior a 4 obtida na última Avaliação Trienal da Capes. Os interessados devem obter informações na coordenação de seu programa de pós-graduação sobre a disponibilidade de bolsas no programa.

Por ser um programa institucional, cabe à Pró-Reitoria de Pós-Graduação das instituições de ensino superior a apresentação e o acompanhamento das candidaturas na Capes, assim como a orientação e a divulgação dos resultados aos candidatos. Mais informações sobre o PDEE podem ser obtidas pelo telefone (61) 2022-6925 ou pelo e-mail cce@capes.gov.br.

Acesse o edital.

 

 


Exibir artigo...

Lançado o novo edital para apoio a eventos no exterior

 

Os pesquisadores brasileiros com título de doutorado que desejem apoio para participar de eventos científicos fora do Brasil devem ficar atentos. Foi publicado nesta segunda-feira, 4, o novo edital do Programa de Apoio à Participação em Eventos no Exterior (Paex), que durante todo o ano de 2010 levará pesquisadores brasileiros para participar de congressos, seminários e outros eventos internacionais.

O apoio consiste em um auxílio deslocamento, que se destina a contribuir com despesas de ida e volta do país aonde será realizado evento científico, indicado na inscrição e aprovado pela Capes. O valor do auxílio varia de acordo com a localização geográfica do evento.

As inscrições são gratuitas e efetuadas com o preenchimento de formulários e envio de documentos de acordo com o edital. Elas devem seguir o calendário que pode ser acessado neste link, onde também é possível obter o Edital DRI/CGBE nº 012/2009.

 

Publicada nova portaria que dispõe sobre o mestrado profissional

Publicada nova portaria que dispõe sobre o mestrado profissional. http://migre.me/fxWP

Dica de livro para Marketing Educacional

Programas de pós-graduação podem propor atividades para a 62ª Reunião da SBPC

 

Publicada por Assessoria de Imprensa da Capes   

Terça, 29 de Dezembro de 2009 15:34

A Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC) está com edital aberto para que programas de pós-graduação, departamentos acadêmicos e pesquisadores apresentem propostas de atividades para a 62ª Reunião Anual da SBPC, que acontece de 25 a 30 de julho de 2010 na Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), em Natal.

As propostas podem ser enviadas até o dia 20 de janeiro de 2010 pelo e-mail propesq@reitoria.ufrn.br Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo. . As sugestões de atividades para a programação oficial da SBPC devem se enquadrar nas seguintes modalidades: palestras com 1h30 de duração, mesas-redondas e simpósios com 2h30 de duração, além de três expositores e um coordenador. Já os minicursos podem ter atividades com 8h de duração (de terça a sexta, 2h por dia) com um ou dois responsáveis.

Veja mais informações sobre a 62ª Reunião Anual da SBPC.

 

Revista ABRUC Dezembro 2009

 

 

 

Associação Brasileira das Universidades Comunitárias

Quem faz?

 

Rádio C&T aborda tendência de aumento da produção científica em 2010

 

A RádioWeb C&T do Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT) abordou nesta terça-feira, 29, a tendência de continuação de crescimento da produção científica brasileira em 2010.

Na matéria são ouvidos o diretor de Programas Horizontais e Instrumentais do CNPq, José Roberto Drugowich de Felício, o presidente da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, Jorge Almeida Guimarães, e o ministro da Ciência e Tecnologia, Sergio Machado Rezende.

Guimarães aborda a formação de doutores como a grande responsável pelo avanço da produção científica, já o ministro da C&T ressalta a atuação das agências de fomento. Drugowich destaca o aumento dos recursos e do número de bolsas em todos os níveis como motivadores do avanço contínuo.

Escute o áudio:

O JavaScript está desabilitado!
Para ver esse contúdo, você precisa de um browser capaz de reconhecer JavaScript.

Adobe Flash Player Não estnstalado ou está em uma versão mais antiga que 9.0.115!
Baixe aqui

 


Exibir artigo...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...