quarta-feira, 20 de agosto de 2014

Participação em banca de defesa de dissertação – Mestrado em Administração na UMESP

No dia 19 de agosto de 2014 participei de uma banca de defesa de dissertação de mestrado em Administração (PPGA) da UMESP, como membro convidado para a arguição de candidato.

Ela ocorreu no Programa de Pós-Graduação em Administração da UMESP,  na cidade de São Bernardo do Campo (SP), sob a presidência do Prof. Dr. Luciano Venelli Costa, e contou com a participação, ainda, do Prof. Dr. Alexandre Cappelozza.

O novo mestre em Administração é Gilson Mendes Pinto.

Título: "Demanda de mão de obra da Petrobras por nível de competências a partir da descoberta do pré-sal"
Prof. Luciano, o novo mestre Gilson, Alberto e Prof. Alexandre

RESUMO: A pesquisa possui como objetivo geral levantar, analisar, quantificar e classificar por níveis de competências quais foram os profissionais recrutados pela Petrobras no período pós-descoberta da camada do pré-sal brasileiro. A pesquisa se justifica pela previsão de crescimento da produção nacional de petróleo e gás natural estimada para os próximos anos o que poderá causar um descompasso entre a oferta e a demanda de mão de obra para o seu desenvolvimento. A abordagem metodológica desenvolvida para realização da pesquisa foi a da pesquisa exploratória, descritiva e documental, através de análise qualitativa e quantitativa longitudinal. Como resultado, a pesquisa revelou que a Petrobras não recruta profissionais para posições de nível gerencial. Os resultados demonstraram ainda que 56,8% das vagas abertas ao recrutamento são destinadas aos profissionais com formação de nível médio e que 76,4% das vagas são relacionadas ao processo fabril evidenciando que a Petrobras utiliza como porta de entrada a contratação de profissionais de nível médio com formação técnica. Ao realizar a classificação e qualificação da oferta de vagas abertas ao recrutamento a pesquisa identificou cinco grupos de profissionais distribuídos por eixos de carreira e categorizados por níveis de competências que foram responsáveis por 69% de todas as vagas abertas ao recrutamento. Os dois primeiros grupos em relevância estão relacionados ao eixo de carreira de operações industriais onde o nível superior (O6) e o nível inferior (O1) foram os responsáveis por 22% e 21% respectivamente do total da oferta de vagas no período. O terceiro grupo em importância diz respeito ao eixo de carreira engenharia, processos e projetos onde os profissionais categorizados com nível médio (E3) numa escala de dois a cinco foram os responsáveis por 13% do total de vagas abertas. O quarto e quinto grupos estão relacionados ao eixo de carreira gestão de negócios e categorizados por níveis de competências nos níveis três (G3) e quatro (G4) em uma escala de um a cinco sendo estes responsáveis 7% e 6% do total de vagas.

Palavras-Chave: Competências, Mão de obra, Petrobras, Pré-sal.





Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...