quinta-feira, 29 de maio de 2014

Artigo Científico apresentado no EnEO 2014 “Inteligência Emocional, Confiança do Empregado na Organização e Bem-Estar no Trabalho: Um Estudo com Executivos”

imageNa manhã de segunda-feira (26.05.2014), em Gramado (RS) foi apresentado um artigo de minha coautoria em parceria com as pesquisadoras Profa. Me. Marli Cristiane Barros (UMESP) (que esteve presente e fez a apresentação) e a Profa. Dr. Mirlene Maria Martins Siqueira (CNPq). Desta vez no VIII Encontro de Estudos Organizacionais da ANPADEnEO 2014. É um dos mais importantes eventos científicos da área da Administração no Brasil.

Acesse o local nos anais do evento com a publicação, aqui.

image

O VIII Encontro da Divisão de Estudos Organizacionais da ANPAD – EnEO foi realizado de 25 a 27 de maio de 2014, na cidade de Gramado , RS, sob promoção da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Administração/ANPAD e de responsabilidade da Divisão de Estudos Organizacionais/EOR. O EnEO foi um espaço de discussão de temas relevantes no âmbito da Divisão. Esta Chamada de Trabalhos foi um convite aos pesquisadores de quaisquer instituições do país e do exterior. O objetivo geral do evento é fomentar o desenvolvimento da área de estudos em organizacionais no Brasil, por meio de estudos teórico e/ou teórico empíricos considerando os diferentes subsistemas e dimensões de análise.

Mais fotos das apresentações clique aqui e abaixo o certificado

image

RESUMO: Este estudo verificou a interdependência entre inteligência emocional, confiança do empregado na organização e bem-estar no trabalho em empresa brasileira de engenharia com uma amostra constituída por altos executivos. Utilizou-se um questionário composto por cinco escalas que mediram dimensões de bem-estar no trabalho, de habilidades da inteligência emocional e de confiança do empregado na organização. Os resultados revelaram que apenas a confiança do empregado na organização teve correlações significativas com o bem-estar no trabalho. A correlação mais alta e significativa se deu entre padrões éticos e comprometimento organizacional afetivo. Não houve correlação significativa entre inteligência emocional e bem-estar no trabalho.

Para acessar clique na figura ou na área de publicações.

BARROS, M. C.; SIQUEIRA, M. M. M.; CLARO, J. A. C. S. Inteligência Emocional, Confiança do Empregado na Organização e Bem-Estar no Trabalho: Um Estudo com Executivos. EnEO - Encontro de Estudos Organizacionais, 8. Anais... p. 1–16, 2014. Gramado (RS): ANPAD. Disponível em: http://www.anpad.org.br/evento.php?acao=trabalho&cod_edicao_subsecao=1045&cod_evento_edicao=72&cod_edicao_trabalho=16874.

Veja as fotos da apresentação:

DSC08468           DSC08479

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...