terça-feira, 18 de junho de 2013

Dissertação orientada: “Sustentabilidade Ambiental e Universidade: o estudo de caso do Programa Metodista Sustentável”

No dia 17 de junho de 2013 ocorreu, sob a minha presidência, a Banca Examinadora da Dissertação de Mestrado de minha orientanda e candidata Angelita Aparecida Nogueira de Mattos Silva, agora mestre em Administração pelo Programa de Pós-Graduação em ADMINISTRAÇÃO da Universidade Metodista de São Paulo (PPGA-UMESP).

A banca pública foi composta pelo Prof. Dr. João Eduardo Prudêncio Tinoco (UNISINOS-RS), pelo Prof. Dr. Luciano Venelli Costa (PPGA-UMESP) e por mim.

Fotos da banca:

      0     1     2

Resumo do trabalho da candidata

Acesse aqui o trabalho completo: Gestão Ambiental e Universidade: o estudo de caso do Programa Metodista Sustentável

Nos últimos anos, observa-se, tanto no cenário internacional quanto no nacional, um significativo aumento nas responsabilidades educacionais das instituições de ensino relacionados à sustentabilidade. Assim, têm surgido novas propostas pedagógicas que colaboram com a formação de profissionais orientados para essa questão instigando o debate e proporcionando informações consistentes acerca dos problemas sociais e ambientais. Cabem às Instituições de Ensino Superior formar profissionais conscientes, competentes e comprometidos com a sociedade. Este trabalho tem como objeto de estudo o Programa Metodista Sustentável, criado pela Universidade Metodista de São Paulo, cujo objetivo geral é implantar a sustentabilidade em seus setores acadêmicos e administrativos, e na sua relação com stakeholders, de forma que a sustentabilidade seja uma atitude transversal e perene em suas ações e na formação cidadã que ela oferece. Desse modo, o objetivo deste trabalho é analisar as práticas de sustentabilidade desenvolvidas no âmbito do Programa Metodista Sustentável. Este estudo tem como metodologia a pesquisa qualitativa e o estudo de caso. A análise dos dados foi desenvolvida utilizando entrevistas em profundidade baseada em roteiro semiestruturado com docentes da instituição, análise documental e análise de conteúdo. Por meio do estudo de caso realizado no decorrer deste trabalho, foi possível compreender que a Universidade Metodista de São Paulo tem se preocupado com as questões de sustentabilidade já ao longo dos últimos quatorze anos e que esta preocupação se acentuou em 2008 através de reflexões realizadas sobre o novo cenário educacional e as mudanças que também ocorreram na sociedade em seus diferentes níveis: regional, nacional e internacional, o que gerou uma inquietação de uma instituição que, além da busca permanente de qualificação da vida e missão institucional, quer ter relevância no entorno onde está inserida.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...